Amor caindo na real

amor_cartao051

Hoje li uma reportagem sobre como as comédias românticas podem prejudicar a vida afetiva.  Eu já pensava assim, pq toda vez q eu assisto a um filme do gênero saio com uma sensação de vazio no coração…

Comédias românticas prejudicam vida afetiva, diz estudo

Pesquisa mostra que filmes criam expectativas pouco realistas sobre o amor.

Assistir a comédias românticas ou ler revistas femininas e masculinas pode prejudicar a vida amorosa e afetiva, afirma uma pesquisa da Heriot-Watt University, em Edimburgo, divulgada nesta 4ª-feira. Segundo os cientistas do Laboratório de Relações Pessoais e de Família da universidade, filmes e revistas mostram situações idealizadas, distantes da realidade de seu público, criando expectativas que não serão correspondidas.

A equipe liderada pelos psicólogos Bjarne Holmes e Kimberly Johnson estudou 40 das comédias românticas mais assistidas entre 1995 e 2005, além das revistas, e concluiu q elas trazem um tema comum: a idéia de uma “alma gêmea” q estamos todos predestinados a conhecer e q deveria nos conhecer instintivamente tão bem que poderiam “quase ler nossas mentes”. Depois de estudar os filmes, os pesquisadores pediram a centenas de pessoas que respondessem a um questionário descrevendo suas crenças e expectativas sobre seus relacionamentos. Para Holmes, as conclusões podem ter implicações profundas em nossas vidas.

“Agora temos algumas evidências que sugerem que a mídia popular tem um papel em perpetuar essas idéias na mente das pessoas.” Para Holmes, a pesquisa descobriu uma verdade pouco confortável: “o problema é q enquanto a maioria de nós sabe q a idéia de um relacionamento perfeito não é realista, alguns de nós somos mais influenciados pelas imagens mostradas na mídia do q nos damos conta.”

“Os filmes capturam a excitação de um novo relacionamento, mas eles também sugerem, erradamente, q a confiança e o amor comprometido existem a partir do momento em que as pessoas se conhecem, enquanto q essas qualidades, normalmente, levam anos para se desenvolver”, diz Kimberly Johnson.”

Fonte: BBC

Ainda navegando pela web, li uma resenha no Blog Acayrã do Deserto sobre o filme “Encantada”, com uma análise justamente sobre esse amor idealizado. É verdade. A idealização do amor, do príncipe (ou princesa) encantado(a), existe mesmo. E quando voltamos à realidade, acabamos jogando a responsabilidade de viver um amor assim p o nosso(a) parceiro(a), e acaba q os dois ficam frustrados, pois não há como viver esse amor “de contos de fadas”.

O q muita gente não percebe é q o amor real, mesmo com tantos contratempos, é muito mais rico e gratificante.

Anúncios

Uma resposta em “Amor caindo na real

  1. Oi Letícia,

    Obrigada pela visita no meu blog e fico muito contente que tenha gostado de meus textos e que estes lhe serviram de algo.
    Fique a vontade quanto aos textos publicados desde que coloque a autoria.
    Obrigada pelo carinho e atenção e adicionarei vc ao meu blogroll também.

    Grande abraço e volte sempre!!!! 😀

    Camila – Acayrã.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s