Sobre cervejas e cia

9206cerveja

Esse final de semana criou em mim um interesse especial sobre cervejas, principalmente as artesanais. Eu, como uma boa curiosa, estou passando a manhã lendo sobre o processo de fabricação, suas origens, festas etc…

E não é q é uma área bem interessante?

Primeiro pesquisei sobre a cerveja e suas origens, e descobri q os primeiros registros “cervejísticos” vêm dos Sumérios, na Mesopotâmia. Inclusive, uma de suas Deusas, a Ninkasi (q siginifica “senhora q enche a boca”), era a Deusa da Cerveja. Seu hino era nada + nada menos q uma receita de cerveja! Depois a bebida foi aperfeiçoada pelos Babilônios, e foi tão importante q até tinha regras no famoso “Código de Hammurabi”, como quotas de cerveja diárias dependendo da função social de cada um, e até castigo a aplicar p quem servir uma má cerveja: a morte por afogamento! Os Babilônios a exportaram p o Egito, q a utilizavam p alimentação diária, medicamentos e até p estancar a Ira dos Deuses…

Enfim, daí tb temos registros na China e no Japão, q utilizaram o arroz p fazer suas cervejas, e o aperfeiçoamento da bebida pelos gregos e romanos, passando pela Gália e chegando à Europa apenas na Idade Medieval, chegando e sendo aperfeiçoada na Alemanha, até os dias de hj, q a cerveja é consumida no mundo inteiro!!

A cerveja foi aperfeiçoada, até chegar à forma atual, graças a descobertas importantes como a máquina à vapor, a refrigeração artificial, a pasteurização e a descobertas de leveduras de baixa fermentação, q permitiram a constância do sabor…

Atualmente, apesar de a maioria das cervejas ser industrializadas, tem gente q produz sua própria cerveja quase q de “forma caseira”, utilizando equipamentos pequenos q cabem em qq cozinha, de acordo com seu gosto: + ou menos forte, + ou menos encorpada, enfim, cada um faz sua receita. É muito interessante pelo cuidado q têm com sua produção, com os ingredientes básicos, a receita de preparo e com os conservantes finais, q são naturais e não químicos.

Ao ouvir falar em Cerveja Artesanal, pense em cervejas + bem cuidadas, com produções + restritas (mas não necessariamente pequenas), o q leva a produtos com resultados finais muito interessantes e diversificados.

Nossa, essa pesquisa me apeteceu!! Alguém anima tomar uma cervejinha hj? rsrs

Fontes:
http://www.brejas.com.br/cervejas-artesanais.shtml
http://www.cervejasdomundo.com/Na_antiguidade.htm
Anúncios

2 respostas em “Sobre cervejas e cia

  1. Aprendi que o grau de fermentação divide as cervejas em duas categorias: as “Lager” (alta fermentação) e as “Ale”(baixa fermentação). 🙂

  2. Ops, coisas de aprendiz: corrigindo o comentário acima e transcrevendo a classificação correta das cervejas: “Ale são de alta fermentação, e Larger são de baixa. O termo alta é relativo a posição de atuação do fermento na coluna do líquido e também por sua atuação em diferentes temperaturas. Por exemplo nas Largers o fermento atua na base do Líquido e em temperaturas mais baixas, nas Ales é o contrario, Fermento atuando próximo a superfície e em temperaturas mais altas.” 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s