Metas?

“Sempre a meta de uma seta no alvo, mas o alvo na certa não te espera”….

Sempre fui uma pessoa com objetivos. Todo ano costumo pregar uma “lista de metas” em um lugar onde eu possa ver e tento segui-las fielmente. Tento manter o jeito “Letícia seta e alvo”, por + q as flechas se percam pelo trajeto.

Porém peguei algumas de minhas listas e vi que não conluí quase nada. Às vezes não por mim, mas por motivos de força maior. Me lembro que ano passado eu estava cheia de metas: viagens, cursos, emprego etc… Aí fiquei doente durante 5 meses e não cumpri nada. E quando dependiam de outra pessoa? É… podemos ter as rédeas de nossos cavalos, mas não as dos cavalos alheios.

Só q de uns dias p cá ando numa luta entre o Tico e o Teco: minha insistência por manter objetivos de vida me levaram a deixar algo q me fazia bem, pelo simples fato de ser um caminhante q faz seu caminho ao andar. E eu? Por acaso sou uma engenheira civil q consigo construir uma estrada completa e aí sim caminho por ela? Não… eu tb sou uma caminhante, q simplesmente pinta a estrada em sua cabeça e caminha em passos imaginários.

Creio q ainda posso fazer planos, mas não em tudo na vida. Nas coisas q dependem só de mim, talvez eu chegue em algum lugar. No restante, cada dia é um trecho novo dessa estrada, q pode bifurcar, chegar num penhasco, ser interrompido por uma obra, como tb pode chegar num destino maravilhoso.

Semana q vem faz 1 ano q meu avô faleceu. Ele era uma das pessoas q eu +  amava na vida, e além disso era meu guru. Voltando às metas, reli uma frase dele q já escrevi aqui: “vc foca num horizonte, mas ao longo do percurso a paisagem vai mudando, e quando vc o atinge, vc já está mirando um outro horizonte…”. Hj acrescento a seguinte observação: “Mesmo vc querendo atingir um horizonte, vc é surpreendido por algo fará paisagem mudar e vc querer mirar um novo horizonte”.

Aprendi isso não em 35 anos, mas em 2 semanas. Um “supletivo” da vida, rsrs..

A única coisa q não posso fazer nessa estrada é voltar ao ponto onde bifurquei os caminhos. Apesar saudade dessa paisagem, vou continuar caminhando, porém agora ciente de q minha estrada é mutante, e atenta a qualquer sinal da natureza q me faça cruzar novamente essa estrada, ou então q me leve p outros caminhos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s