Comic Con, eu vou!!!

content_pic

Meu lado nerd está super aflorado, e estou contando cada segundo p ir p a Comic Con em São Paulo!! Infelizmente só vou no domingo, pq tenho 2 aniversários de 2 queridos p ir no sábado…

Ainda não sei se vou como Viúva Negra, Lady Lord Vader, ou a Baronesa do G.I. Joe… Se bem q do jeito q os preços das fantasias andam, vou é de Super Letícia mesmo!! hehe

image1

Mas não tem problema, vou curtir de-más!!

“Enta”…

1655927_293118727541215_626271000975879176_n

Este ano fiz 40.

Pois é, agora sou um Ente com “Enta”

Que bom q “enta” tá na moda, posso ser o q eu quiser agora:

Sargenta, Clienta, Comedianta ou Presidenta.

Posso pintar minha vida de preto, amarelo, ciano e magenta.

Posso ser calorenta ou friorenta. Ou uma ciumenta barulhenta, uma mulher q arrebenta!

Posso correr debaixo de uma tormenta. Ou mergulhar na água benta.

Posso seguir adiante ou voltar p a maternal placenta.

Enfim….

Estou dançando na cadência dos “enta”, descompassadamente lenta.

Bora cavar um túnel dia a dia rumo aos três dígitos centenários. A gente tenta.

Enquanto isso a gente aguenta e se reinventa!!

Sentimentos estragados

Ontem aprendi sobre como um sentimento natural pode se tornar estragado, se não for mantido dentro de seus limites.

Como saber q seu sentimento passou do limite, e se estragou? É quando ele deixa de afetar apenas quem o está sentindo, e começa a afetar e fazer mal às pessoas q estão à sua volta. O sentimento natural é seu, está no seu campo emocional. O sentimento estragado invade a liberdade de sentir do outro.

Existem 4 sentimentos principais q, se não administrados, o estrago pode surgir:

  1. Alegria: em seu estado normal, amansa a alma e transborda sua energia em sorrisos. A alegria evita mil males e prolonga a vida. Porém, quando a alegria rompe seu limite, ela se torna uma euforia. Essa sim é estragada, pois é uma alegria forçada, que invade a serenidade alegre dos q estão à nossa volta, de forma desenfreada. “A alegria extremada anuncia uma ventura medíocre e passageira.” (Plutarco)
  2. Tristeza: é um ajuste da alma consigo mesma, é uma energia que liberamos p curar. É um livro sábio q se tem no coração e q pouco a pouco vai fabricando uma provisão de ensinamentos para a vida. Porém, alimentar a tristeza a torna estragada, dando lugar à depressão. Esta suga qualquer gota de energia e consome não só ao deprimido, mas a todos q o cercam. “A tristeza é a agonia de um momento. Cultivar a tristeza, um erro de toda vida.” (Benjamin Disraeli)
  3. Prazer: é sentir satisfação plena, seja com bens materiais, com atitudes, com a presença de amigos, com um amor, ou seja por fazer os outros felizes. É um sentimento de preenchimento da alma. É seu alimento. Porém, não devemos confundir essa “alimentação” com “gula”, pq assim o sentimento de prazer se estraga e dá lugar à dependência. Nela, perdemos o controle e nos tornamos verdadeiros buracos negros, sugando qualquer gota de satisfação de uma forma tão voraz, q nem conseguimos + ter prazer no que antes nos satisfazia tanto. É a alma saturada, envenenada. “É válido procurarmos conhecer a que má e penosa servidão nos sujeitamos quando nos abandonamos ao poder alternado dos prazeres e das dores, esses dois amos tão caprichosos quanto tirânicos.” (Sêneca)
  4. Amor: é divino. Deus é amor. Então podemos concluir q esse sentimento, em sua forma plena, só traz benefícios à alma. Do amor derivam a solidariedade, a caridade, a amizade, a compaixão. “O amor é a força mais sutil do mundo”, dizia Mahatma Gandhi. Porém, o amor é livre. Quando esse amor se torna uma ansiedade e o desejo toma o domínio de sua mente, surge a obsessão, q se associa a um desejo intenso e a uma necessidade compulsiva de preenchimento. Daí surgem as manchas da alma: ciúmes patológicos, inveja destrutiva, mágoa, rancores, ódio. Emoções terroríficas permeiam a vida psíquica e interpessoal da pessoa obsessiva, e afetam as obsediadas. “E eu continuo me afogando no tudo e no nada, na luz e nas trevas, na minha própria obsessão” (Lizie Oliveira)

Todos nós estamos sujeitos a romper os limites e enveredar pelos sentimentos estragados. Cabe a cada um o policiamento de sua frequência e o uso de duas das virtudes cardinais: a Prudência e a Temperança.

A Prudência, considerada a virtude-mãe humana, “dispõe a razão para discernir em todas as circunstâncias o verdadeiro bem e a escolher os justos meios para o atingir. Ela conduz a outras virtudes, indicando-lhes a regra e a medida” . A Temperança “modera a atração dos prazeres, assegura o domínio da vontade sobre os instintos e proporcionar o equilíbrio no uso dos bens criados”.

É tênue a linha q divide os sentimentos de seus extremos.

Assim, finalizo com uma frase q sintetiza a essência desse texto: Nada é veneno, e tudo é veneno; a diferença está na dose”. (Theophrastus Bompart)

Melhor amiga

Há uns sábados atrás eu estava numa festa infantil, e um senhor perguntou p mim: -“Quem é sua melhor amiga?”

Comecei a listar minhas queridas e, a cada nome, ele falava “não, não é”. Até q me rendi e perguntei p ele: “Afinal, quem é minha melhor amiga?” -“Sua melhor amiga é vc mesma!” Adorei e concordei 100% com ele.

Hoje me lembrei dele, e resolvi dar um presente p essa minha melhor amiga. Fiz uma mistura de conhecimentos adquiridos há longa data e recentemente, e proporcionei a ela um sábado à noite delicioso.

Primeiro, cuidei da sua beleza e fiz uma máscara de mel p seu rosto. A pele fica uma seda com uma receitinha super simples: mel no rosto por 20 minutos, enxágue com água morna e apenas uma batidinha com a toalha p secar. Pronto, pele de Miss!! rsrs

Depois cuidei do seu paladar: Resolvi experimentar as recém famosas cervejas Ale 100% maltadas. Comprei uma cerveja belga q me seduziu na gôndola. Congelador, suada… Delícia! Para acompanhar, torradas com uma mistura q inventei aqui e deu certo: tomatinho cereja + mussarela picada + manjericão + azeite. Espetáculo! Para finalizar, queijo camembert fino!!!

Para dar um ambiente agradável p essa noite especial com minha melhor amiga, escolhi uma seleção musical by antena 1, em uma sequência interminável de músicas boas. Aproveitei p fazê-la mexer o esqueleto um pouco, curtindo o som e dançando e cantando como se ninguém a estivesse vendo. Na verdade, ninguém estava mesmo rsrsrs

Depois preparei um banho de ducha solar p ela, com um jato d’água de dar inveja às Cataratas do Niágara, em uma temperatura ideal p fazer carinho em seu corpo. Durante o banho, mais um pouco de cuidado feminino, com um delicioso esfoliante de açaí q deixou sua pele igual a um bebê.

Refrescada, alimentada e revigorada, preparei uma sessão de cinema p ela em sua sala, com direito a “cadeira do papai” e muita tranquilidade.

Finalizando a noite, arrumei um lençol fresquinho em um colchão confortável para q ela tenha uma linda noite de sonhos!!

Agora a deixo escrever em seu blog, com a certeza de missão cumprida de melhor amiga…. de mim mesma!!

É bonita, é bonita e é bonita!!

vida

“E a vida… e a vida o q é, diga lá meu irmão”…

Há 1 semana entrei p o mundo dos solteiros ou, como diz um amigo meu, mundo dos tranquilos e desestressados rs

Fiz tudo q uma mulher tem direito: comi quilos de chocolate, tomei um porre e cortei radicalmente o cabelo.

E descobri q a vida é bonita, é bonita e é bonita!!

Versão 3.5

pesenti

Well well well…. Aqui estou eu, 35 anos!!

É isso aí, ontem completei + 1 jornada, +1 reveillón pessoal. Como diz meu chefe, minha nova versão: 3.5!!

Hoje uma colega disse q ela pensou q eu tivesse 27 anos…. Falei p ela q meu perfume foi feito no Egito, o mesmo q usaram em Tutankamon rs Mas na verdade acho q a essência da juventude está na alegria de viver. Tento viver da melhor maneira que posso, e meu sorriso é a minha melhor companhia. Talvez seja esse o motivo do meu nome: Letícia, ou Laetitia em latim, q significa felicidade, alegria.

Então… 35 anos! Muitas coisas q já fiz, mas tantas coisas q ainda quero fazer… A primeira: viajar p o Egito. Eu AMO mitologia egípcia… Depois… Grécia, para conhecer o labirinto do Minotauro, Ariadne, onde fez um caminho de fio p Teseu… E tantas outras histórias… Assim é a vida: a história após a história, às vezes um épico, às vezes um romance, às vezes um filme francês. O importante é q, na nossa história, nós somos o diretor e artista principal ao mesmo tempo.

Alguns filósofos dizem q a nossa vida muda a cada 7 anos … Se isso for verdade, eu estou entrando no meu 6º ciclo, ou melhor, no meu 6º ato!

Voltando ao presente, após uma longa comemoração, fico rindo dos comentários que minhas amigas estão fazendo das fotos q coloquei no orkut. E, ainda falando em presente, já curti os perfumes, os chocolates, as roupinhas e acessórios q ganhei, e ainda tem mais: ganhei um “vale-short” e vou com minha melhor amiga fazer compras mais tarde…

Afinal, nada melhor do que começar os 35 anos de pernas de fora!